Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Mercado Internacional 11/12/2019 | 13h44

Empresários caxienses torcem pela recuperação econômica da Argentina


Empresários caxienses torcem pela recuperação econômica da Argentina
Foto: CIC/Divulgação

Alberto Fernández assumiu oficialmente o Governo da República Argentina nesta terça-feira (10). O País é um dos mais importantes parceiros comerciais do Brasil e da Serra Gaúcha, que tem relação ainda maior com o mercado do vizinho Platino. Por conta disso a Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) de Caxias do Sul vem acompanhando o processo de transição no Executivo argentino.

A Argentina, que chegou a ser o principal destino das exportações caxienses entre 2015 e 2017, ficou apenas com o quarto posto entre os compradores do setor produtivo da cidade em 2019. Em volume de negócios, Chile, Estados Unidos e México acabaram superando o País, que segue a frente da China, que fecha o quadro dos cinco maiores parceiros de Caxias do Sul.

A redução nos negócios com o Município se deve à crise econômica que atingiu a República de Alberto Fernández. O presidente da CIC Caxias afirma que espera que algo seja feito para mudar o panorama financeiro argentino, salientando a importância disso para Caxias. Ivanir Gasparin lembra das conexões de negócios que a cidade tem com o País, que sedia, inclusive, filiais de empresas caxienses.

Ele comenta que a questão vem sendo discutida internamente pela entidade e que a mudança de gestão gerou esperança no empresariado. Todavia, afirma que há preocupação com possíveis negociações argentinas com o Fundo Monetário Internacional (FMI). Torce para que hajam “pés no chão” na Casa Rosada, reafirmando que problemas na economia do País afetam o Município.

Em 2019, a Argentina foi o destino de cerca de 6,6% das exportações caxienses. No ano anterior a porcentagem havia sido de 9,9%. Implementos agrícolas, rodoviários e autopeças estão entre os itens de maior mercado no País. Além disso, o volume de turistas argentinos no Rio Grande do Sul também se destaca na relação. O movimento afeta indiretamente os rendimentos caxienses.

A CIC avalia positivamente a participação do vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) na cerimônia de posse de Alberto Fernández. A representatividade reconhece a existência de discordâncias políticas entre os governos brasileiro e argentino, mas defende que a relação entre os países precisa seguir.


Departamento de Jornalismo


CONFIRA O ÁUDIO








Em breve
Nenhum jogo no momento.