Rádio Caxias

Notícias



REGIÃO

Pandemia 30/11/2020 | 17h51

Estado confirma bandeira vermelha na Serra e anuncia novas medidas para controle da Covid-19


Estado confirma bandeira vermelha na Serra e anuncia novas medidas para controle da Covid-19

O governador Eduardo Leite confirmou na tarde desta segunda-feira (30) que a Região da Serra está classificada no nível de bandeira vermelha do Modelo de Distanciamento Controlado. Com isso, a região passa a ser considerada de alto risco para contaminação pelo coronavírus e terá maiores restrições, especialmente para o comércio.

A Serra vinha há cerca de 120 em bandeira laranja, de médio risco, mas o aumento do número de casos de contaminação fez com que a situação se agravasse em todo o Estado. O governador também confirmou que não haverá mais o processo de cogestão com as regiões, que permitia algumas flexibilizações. O objetivo é dar um tratamento uniforme ao combate à doença.

Leite ainda sugeriu uma série de medidas para tentar conter a disseminação da Covid-19: 

- Reforço das ações de comunicação;

- Apoio da Brigada Militar às fiscalizações e criação de canal para encaminhamento de denúncias de aglomeração;

- Suspensão de eventos festivos de fim de ano, inclusive de empresas e condominios;

- Incentivo à restrição de reuniões privadas e familiares, com recomendação de um máximo de 10 pessoas nessas ocasiões;

- Eventos sociais como festas, formaturas e casamentos estão vedados;

- Mudanças na bandeira vermelha, com o fim da cogestão. Comércio poderá funcionar, mas com limite de funcionamento até 20h.

Apenas duas regiões gaúchas escaparam da bandeira vermelha: Cachoeira do Sul e Guaíba, que tiveram os recursos aceitos pelo Comitê de Crise. Confira o comunicado do Governo do Estado:

Na 30ª rodada, o mapa definitivo do modelo de Distanciamento Controlado terá, a partir desta terça-feira (1°/12), 19 regiões em bandeira vermelha (risco epidemiológico alto). Apenas dois dos 11 pedidos de reconsideração enviados por municípios e associações regionais foram acatados pelo Gabinete de Crise nesta segunda-feira (30/11). As regiões de Cachoeira do Sul e Guaíba, portanto, permanecem em bandeira laranja (risco epidemiológico médio).

A equipe técnica rejeitou os pedidos das regiões de Capão da Canoa, Taquara, Santo Ângelo, Santa Rosa, Passo Fundo, Caxias do Sul, Santa Maria, Porto Alegre e Bagé. As demais regiões não contestaram a classificação do mapa preliminar.

Veja o mapa definitivo em https://distanciamentocontrolado.rs.gov.br

O pedido de Cachoeira do Sul foi aceito porque a equipe técnica levou em consideração o fato de que o maior impacto na região resultou dos indicadores da macrorregião e da situação do Estado como um todo. O recurso ponderou que quase todos os indicadores da região se mostraram favoráveis ao longo da pandemia. E, ainda, a região recebeu pacientes de outras áreas em leitos de UTI.

A região de Guaíba também foi impactada pela situação geral do Estado. Houve melhora na média ponderada final em comparação com as semanas anteriores e melhora em dois indicadores da própria região, em especial o que monitora os novos casos acumulados na semana dos internados em leitos clínicos. A equipe que monitora o modelo de Distanciamento Controlado segue alertando que a capacidade de atendimento da macrorregião está bastante tensionada.

RESUMO DA 30ª RODADA

BANDEIRA VERMELHA (19)
Novo Hamburgo (em cogestão)
Passo Fundo (em cogestão)
Capão da Canoa (em cogestão)
Canoas (em cogestão)
Ijuí (em cogestão)
Palmeira das Missões (em cogestão)
Erechim (em cogestão)
Uruguaiana
Santa Maria (em cogestão)
Lajeado (em cogestão)
Santo Ângelo (em cogestão)
Santa Rosa (em cogestão)
Cruz Alta (em cogestão)
Bagé
Taquara (em cogestão)
Santa Cruz do Sul (em cogestão)
Pelotas (em cogestão)
Caxias do Sul (em cogestão)
Porto Alegre (em cogestão)

BANDEIRA LARANJA (2)
Cachoeira do Sul (em cogestão)
Guaíba


Departamento de Jornalismo






Em breve
Nenhum jogo no momento.