Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Violência 13/12/2019 | 10h53

Venezuelana atacada com líquido corrosivo morre no Hospital Pompéia


Venezuelana atacada com líquido corrosivo morre no Hospital Pompéia

Ariana Victoria Godoy Figuera, 24 anos, de origem venezuelana, morreu na emergência da unidade hospitalar por volta de 10h desta sexta-feira (13). Ela deu entrada no local por volta de 03h desta sexta, com queimaduras profundas no rosto e em parte do tórax, provocadas por substância ácida.

Segundo informações da ocorrência que está no Plantão da Polícia Civil, os PMs foram acionados para atender o caso, e já no hospital conversaram com a mãe da vítima. Ela relatou que Ariana estava chegando em casa por volta de 22h da quinta-feira (12), e no portão da residência, localizada na Rua Cristiano Ramos de Oliveira, no bairro Desvio Rizzo, havia uma pessoa que chamou pelo nome da jovem.

Na aproximação, o agressor jogou um líquido no rosto de Ariana. A mãe da vítima então saiu em socorro e acionou o Samu. Por conta da demora do serviço de urgência, ela pediu um carro particular para as levar a filha até a UPA Zona Norte.

Chegando na unidade, a vítima foi avaliada, e em razão da gravidade dos ferimentos, foi transferida ao Hospital Pompéia, onde morreu. Não foi localizado nenhum suspeito do crime, e o caso já está sendo investigado pela Polícia Civil. Análises posteriores vão determinar o tipo de líquido que foi usado.

Com este fato, já são 68 casos de homicídio no ano em Caxias do Sul, somando 72 mortes neste tipo de ocorrência. Ao todo, 85 pessoas foram vítimas de crimes contra a vida na cidade em 2019.


Departamento de Jornalismo






Em breve
Nenhum jogo no momento.